terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Tudo ou nada

Cansou-se. Já não fugia da esfinge ou de seus enigmas.
Mas a tinha contemplado por tempo que bastava
para saber que daquele jogo de adivinhas
não havia solução para o gozo macabro
da criatura.

Por isso, quando ela o confrontou mais uma vez
com o milenar ultimato, ele aceitou sua verdade.


- Decifra-me ou te devoro.

- Então devora.

E virou mistério.

Um comentário:

emyhouseplus disse...

Então, ele se entregou... penso que, ás vezes, é o mais sensato a se fazer..

Suzi