quarta-feira, 17 de março de 2010

"Diga a verdade, diga a verdade, diga a verdade"

Se você diz cada vez menos, com o tempo acaba esquecendo como dizer. Esquece que palavra acompanha outra melhor. Esquece como soltar o ar entre os dentes. Esquece até o que tem a dizer. Esquecer é um refúgio bom, é seguro e limpo. Só que ninguém consegue segurar uma fala por muito tempo. Mesmo que seja o tempo de uma vida. Quem se cala uma vida inteira, volta na próxima falando aramaico. Mas fala.

Uma vez vi um homem explodir porque não tinha mais espaço para todas as palavras que engolia.

O segredo não é falar muito. O segredo é falar tudo. E o segredo é falar sempre. A verdade é Deus. Falar a verdade é rezar.

2 comentários:

M. disse...

E aí aquilo de "diga a verdade ao menos uma vez na vida" se inverte para "diga a verdade, por amor à vida".

Sejamos, pois, pastores da verdade. Amém.

Sol T disse...

Bem vindo ao TIMÈ. Espero que vc entenda o trocadilho. Se não entender, eu desenho. ;)
Um grande abraço
carinho.
N.